ComportamentoDestaqueEstilo de vida

Quer viver mais? Beba 8 cafés por dia

0

Pesquisadores acompanharam quase 500 mil pessoas por dez anos e encontraram uma relação direta entre beber mais café e viver mais

Não é como se você precisasse de mais uma desculpa para tomar café, mas pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos EUA e da Universidade Northwestern publicaram um estudo enorme com uma boa notícia para os apreciadores da bebida: café aumenta a sua expectativa de vida. E não há quantidade limite para isso.

Para chegar ao resultado, os cientistas utilizaram dados de 498.134 britânicos registrados voluntariamente no banco de dados de genética do Reino Unido Biobank. Todas as mortes de voluntários foram marcadas junto a seus hábitos durante um período de 10 anos.

Ao cruzar os dados, foi descoberto que, durante esse período, houve mais mortes de pessoas que não bebiam café do que o contrário. Quanto mais café era ingerido, menor a probabilidade de morrer de causas naturais. A associação inversa com a mortalidade continuou até oito xícaras de café por dia, isso porque não havia muitos outros voluntários que bebiam mais do que isso para serem analisados estatisticamente. Ou seja, ainda não encontramos um limite para quanto café pode ser ingerido antes de ser prejudicial para a saúde (é claro que o consumo muito alto pode causar efeitos colaterais, como insônia e azia).

No geral, amantes do café tinham cerca de 10% a 15% menos chance de morrer do que aqueles que não bebiam. E isso não está relacionado à cafeína, pois os consumidores da versão descafeinada também aumentaram sua expectativa de vida.

Apesar do resultado conclusivo, este estudo (assim como muitos que vieram antes) não soube dizer precisamente qual é a característica do café que nos faz viver melhor. Para resolver esse quebra-cabeça, os cientistas ainda terão que passar muitas noites em claro. Ainda bem que tem o café para ajudar.

Fonte: superinteressante

Painel Político
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

“Apocalipse zumbi” espalha surto de superbactéria pela Sibéria

Página anterior

A solidão das mulheres inteligentes

Próximo artigo

Você também vai gostar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *