Brasil

STF quer ouvir Congresso sobre MP que adiou de reajuste de servidores

0

Ministro Ricardo Lewandowski, relator de ações no Supremo contrárias à medida, pediu informações ao Legislativo antes de se manifestar

Relator de ações ajuizadas no Supremo Tribunal Federal (STF) por entidades representativas dos servidores públicos federais contestando a medida provisória que adiou o reajuste da categoria para 2020, o ministro Ricardo Lewandowski decidiu pedir informações ao Congresso antes de decidir sobre o tema.

O presidente Michel Temer (MDB) voltou atrás e resolveu adiar para 2020 o ajuste salarial dos servidores da União. No dia 29 de agosto, Temer havia anunciado que iria reajustar os salários do funcionalismo público e ainda dar o aumento aprovado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal – de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

De acordo com dados do Ministério do Planejamento, o impacto nas contas públicas do governo federal com o aumento nas remunerações de servidores e ministros da Suprema Corte, caso fosse aprovado para o próximo ano, ultrapassaria os R$ 7,2 bilhões.

Painel Político
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Agorafobia: ‘por que passei 15 horas fugindo do casamento da minha melhor amiga’

Página anterior

Lixões continuam a crescer no Brasil, mostra levantamento

Próximo artigo

Você também vai gostar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Brasil