fbpx
Roberto Sobrinho devia voltar – Professor Nazareno*

Eu não tenho procuração para fazer campanha antecipada para ninguém, muito menos para falar bem ou mal de qualquer político, mas observando-se a situação caótica em que a cidade de Porto Velho sempre esteve e com ela conviveu desde a sua fatídica fundação há mais de um século, não é nada anormal afirmar em alto e bom som que o ex-prefeito Roberto Sobrinho do PT, para o bem de todos, devia voltar a administrar os portovelhenses por pelo menos mais um ou dois mandatos.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Afirma-se à boca larga que a capital dos “destemidos pioneiros” é uma cidade arrasada e muito pior do que Porto Príncipe depois do terremoto ou Hiroxima pós-bomba atômica. E nem precisava afirmar nada, pois para qualquer leigo em urbanização, a verdade saltaria logo aos olhos com uma simples caminhada pelas ruas da cidade, para ver in loco a situação de uma capital. Estamos no mês de agosto em pleno verão amazônico e a poeira sufocante das esburacadas ruas associada à fumaça das queimadas torna a vida do morador local um verdadeiro inferno. E como se o castigo fosse pouco, a forte presença do fenômeno El Niño eleva diariamente a temperatura para quase 40 graus. A volta do ex-prefeito talvez até não resolvesse o problema, mas não o aumentaria.

A pouca grama que existe na cidade, por exemplo, está completamente esturricada de tanto sol. Não vejo ninguém aguando os canteiros como no tempo dele. Roberto Sobrinho pode ser responsabilizado por uma série de erros quando administrou Porto Velho é verdade, mas não foi ele que derrubou a centenária castanheira do bairro Triângulo e nem extinguiu milhares de outras árvores das ruas porque “são responsáveis”, e não as chuvas, pelas alagações.

E onde é hoje o quente, perigoso e escuro Espaço Alternativo havia na época em que ele nos administrava umas mil árvores, algumas frutíferas, plantadas por ele. Todas foram arrancadas e o local hoje está sujo e abandonado. Vão culpá-lo por isso também? Duvido que o petista tivesse recebido uma ponte escura como breu. Pode-se falar então dos viadutos. Ele pelo menos teve a coragem de iniciar as obras. E se aquilo incomoda tanto, por que ainda não foram concluídos? Há quase três anos que ele não manda mais em nada na cidade. Quando o petista assumiu, o índice de saneamento básico era um por cento. Quando saiu, beirava os três, ou seja, um aumento de 200 por cento. Qual
prefeito fez isto? Poeira e fumaça no verão, lama no inverno, além da carniça, sujeira e da fedentina eram a rotina na administração dele. E hoje, mudou alguma coisa?

A administração petista é acusada de muita corrupção e malversação do dinheiro público. Só que nem o ex-prefeito nem nenhum dos seus assessores estão presos e até hoje nada foi devolvido aos cofres públicos. São inocentes? O PT é acusado de roubo e corrupção e isto parece ser fato. Embora não se justifique, qual partido não roubou? Por que não se fizeram manifestações anticorrupção contra as outras siglas também? Dilma Rousseff, que recebeu 54 milhões de votos dos brasileiros, assim como Lula e o partido da estrela vermelha são a Geni de hoje. Só que quase todos os brasileiros somos a Geni, eis a verdade. E o cidadão comum, uma espécie de “Maria vai com as outras” entrou na
onda e já flerta com uma virada de mesa. Sobrinho foi um péssimo prefeito, claro, assim como todos: do passado, do presente e do futuro. A regularização fundiária, pelo menos, foi a sua marca maior. Corajoso, foi o único a peitar o fascismo da mídia. Devia voltar.

*É Professor em Porto Velho.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Roberto Sobrinho devia voltar – Professor Nazareno*

  1. Acho engraçado que nesse país estamos sempre nos comparando com o pior, nos acomodamos e nos acostumamos a aceitar o pior, a não exigir e cobrar aquilo que os politicos tem a obrigação de fazer. Se alguem fez algo errado, quer seja do partido tal ou tal, deve pagar por isso! Chega de aceitarmos calados os roubos, os conluios, e tudo mais de errado que acontece nesse pais e ficarmos calados!
    Doa a quem doer, seja da sigla que for, temos que cobrar da justiça e protestarmos sim! Pois nos dias de hoje, só vemos os “conchavos” e “acordos” para que ninguem de direito cobre pelo que está errado, de elegermos politicos que estao envolvidos em casos que nunca são julgados por manobras jurídicas de advogados inescrupulosos!
    Somos roubados todos os dias, os recursos publicos são desviados para o ralo da corrupção, pessoas que “enriquecem” do dia pra noite, após uma “boquinha” em secretarias que lhe rendem um patrimonio enorme em tão pouco tempo, fruto de “trabalho e dedicação” aos erários do estado!
    Pedir a volta de Roberto Sobrinho e qualquer outro pois o que está aí está pior é definitivamente nos rebaixarmos e nivelarmos por baixo!
    Que nas proximas eleicoes, o dinheiro desviado da corrupção fique mais “dificil” de chegar na mãos dos políticos corruptos, que as urnas possam ser “menos manipuladas” pelo advogado do PT na “sala de comando” do TSE, que mais políticos sanguesugas sejam impedidos de concorrer pela lei da Ficha Limpa, e que a população menos esclarecida tenham a coinsciência de que a venda do seu voto por qualquer “50 conto” simplesmente vai fazer com que a vida deles fique cada vez mais difícil e pior!
    Se vamos nivelar os políticos, que seja por cima e não por baixo!

Deixe uma resposta