Secretaria de Meio Ambiente do município derruba castanheira centenária

E como “compensação para a comunidade” a prefeitura alega ter repassado 13 mudas da planta, mas ninguém sabe onde estão

A secretaria municipal de Meio Ambiente de Porto Velho, comandada por Edjales Benício, autorizou a derrubada de uma castanheira centenária localizada na área do cemitério da Candelária e estava tombada pelo IPHAN. O “arvorecídio” aconteceu no domingo de Páscoa e chocou os moradores da região. A construtura Coenge está construindo um conjunto habitacional no entorno do cemitério.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Como “compensação” por matarem a árvore, a prefeitura alega ter “recebido 13 mudas de castanheira” que ninguém sabe onde está. O secretário Edjales Benício alega que “provavelmente foram entregues na zona rural”, mas ele não sabe dizer onde, nem quem recebeu nem quando.

Denúncias foram feitas ao Ministério Público Federal, ao estadual, ao IPHAN e a própria prefeitura, mas ninguém tomou providências. As obras prosseguem no local.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta