Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Secretário de transportes é acusado de chamar portovelhenses de “índios”

0

Marden Negrão, secretário municipal de Transporte e Trânsito de Porto Velho vem sendo acusado, em um meme que circula em grupos de Whatsapp de “índios”.

O secretário, que é paulista, envolveu-se em uma polêmica no fim de semana, quando foi flagrado usando um carro oficial da prefeitura durante um passeio com sua família na Estrada de Ferro Madeira Mamoré. As fotos circularam e o secretário emitiu uma nota onde afirmou “não ver ilícito em usar um carro oficial para lazer”.

Secretário foi flagrado usado carro oficial em lazer
Ele estava acompanhado da família

Nesta terça-feira, o meme com a foto e uma frase atribuída a ele, circula em diversos grupos.

Na frase do meme, o secretário teria afirmado, “Aqui só existem índios. Vim para mudar a cidade, se eu voltar para SP, vão voltar a andar de cipó pelas ruas”.

Meme que circula em grupos nesta terça-feira

Nota do secretário sobre ter sido flagrado com carro oficial

Diante do fato noticiado e relacionado com a utilização de veículo pertencente à municipalidade na última quinta-feira, venho prestar os necessários esclarecimentos aos munícipes de Porto Velho, e assim o faço porque integro uma equipe consciente das dificuldades e dos desafios de uma gestão comprometida com o desenvolvimento de nossa Capital.

Quando fui convidado para comandar a SEMTRAN, sabia que a oportunidade era propícia para contribuir com o desejo de bem servir à população de Porto Velho, porque tinha noção da complexidade de comandar uma pasta voltada à disciplina e modernidade da mobilidade urbana, o que exige muita disposição e trabalho permanente, inclusive nos feriados.

O objetivo primordial é atender a expectativa confiada por quem democraticamente foi escolhido pelos portovelhenses, e para atingir esse intento não há como economizar esforços para bem executar o que foi criteriosamente planejado.

Como dito anteriormente, a complexidade da pasta exige uma dedicação quase que de tempo integral, o que nos obriga a revezar momentos de trabalho com algumas atividades próprias de um cidadão comum, situação esta que deve ser encarada com muita transparência e naturalidade. Afinal, a utilização de um veículo pertencente à estrutura da administração municipal não pode ser encarado como algo ilícito, nem mesmo em dia onde não há expediente normal, tendo em vista o salientado revezamento de atividades.

Assim, e com a consciência tranquila de que não houve e jamais existirá a utilização indevida de um bem público, trago esses esclarecimentos como satisfação devida à sociedade, ressaltando sempre o compromisso de bem servir à população.

Marden Ivan Carvalho Negrão

Secretário Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte 

Comentários
Carregando