Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Seis advogados são presos por corrupção no setor de transportes públicos

0

De acordo com o Gaeco, indícios apontam que eles estariam envolvidos em uma organização criminosa, que age pelo menos desde 2009, cooptando agentes públicos para a prática de crimes

O Ministério Público do Paraná deflagrou uma operação, nesta quarta-feira (29/6), que apura a existência de uma organização criminosa na concessão de transporte coletivo urbano. Na chamada Operação Riquixá foram cumpridos seis mandados de prisão, entre eles do advogado Sacha Reck, além do pai dele, Garrone Reck; do irmão, Alex Reck; e os advogados Antonio Carlos Marchetti e André Vinicius Marchetti e Fábio Miguel.

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), indícios apontam que eles estariam envolvido em uma organização criminosa, que age pelo menos desde 2009, cooptando agentes públicos para a prática de crimes.

Com a participação dessas pessoas, o grupo obtém meios de remunerar ilicitamente, com dinheiro público, a organização das fraudes concorrenciais, contratando componentes do grupo criminoso para prestar assessorias simuladas ou substituir comissões de licitação de transporte.

Foram cumpridos ainda 29 conduções coercitivas e 53 ordens de busca e apreensão em empresas e residências, expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Guarapuava. O cumprimento das medidas acontece em Guarapuava, Foz do Iguaçu, Maringá, Ponta Grossa e Curitiba, no Paraná, bem como em cidades de Santa Catarina e São Paulo e também no Distrito Federal.

Comentários
Carregando