fbpx
Senado começa a discutir processo de impeachment de Dilma Rousseff

Membros da comissão especial devem ser escolhidos ainda hoje

Após ser aprovado na Câmara dos Deputados, o processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff começa a tramitar no Senado Federal nesta segunda-feira (25/4). Desde o início da tarde, os senadores se reúnem em uma sessão plenária para eleger os 21 integrantes da comissão especial que analisará a admissibilidade do impeachment na Casa.

Na última sexta-feira (22/4), as bancadas já indicaram os nomes para compor a comissão. Por ser o partido com o maior número de senadores, o PMDB tem direito a cinco cadeiras e indicou Rose de Freitas (ES), Simone Tebet (MS), Waldemir Moka (MS), Dário Berger (SC) e Raimundo Lira (PB).

Se as indicações forem seguidas, a comissão terá ainda os seguintes parlamentares: Antonio Anastasia (PSDB-MG), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Pimentel (PT-CE), Telmário Mota (PDT-RR), Romário (PSB-RJ), Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Wellington Fagundes (PR-MT), Zeze Perrella (PTB-MG), Ana Amélia (PP-RS), José Medeiros (PSD-MT) e Gladson Cameli (PP-AC).

Entre os nomes indicados, apenas cinco são contrários ao afastamento da presidente. Um senador se diz indeciso e outros 15 são favoráveis ao impeachment.

Veja ao vivo:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta