fbpx
Senado vota hoje afastamento de Dilma

Nesta quarta, dia 11 de maio, o Senado votará o afastamento temporário por até 180 dias da presidente Dilma Rousseff dentro do processo de impeachment. O assunto é a manchete de todos os jornais. A casa legislativa passará o dia inteiro em discursos até a votação. Os levantamentos dos jornais dão 50 votos declarados pala admissibilidade do processo de impeachment, nove a mais que o necessário. 

No Globo, a manchete é: “Senado vota o futuro do Brasil”, com três subtítulos abaixo. Um deles sobre a interrupção de 13 anos de poder do PT, outro sobre a decisão da presidente Dilma de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e o terceiro sobre a cassação nesta terça (10) do ex-líder do governo, o senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). 

Na Folha de S. Paulo: “Senado deve afastar Dilma; governo recorre ao Supremo”. No Estado de S. Paulo: “Na reta final, Dilma apela ao STF; Temer prepara pronunciamento”. No Valor: “Temer define equipe e Ilan vai assumir o Banco Central”. O economista Ilan Goldfajn, que chefia o departamento econômico do Itaú, já foi diretor do BC no governo Lula.

Os jornais trazem várias notícias sobre o Ministério do eventual governo Michel Temer e as ofertas que estão sendo feitas nas últimas horas. Entre os quase certos, estão: Henrique Meirelles (Fazenda); Eliseu Padilha (Casa Civil); Romero Jucá (Planejamento); Alexandre de Moraes (Justiça); José Serra (Relações Exteriores);  Mendonça Filho (Educação) e Ricardo Barros (Saúde).

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta