A sessão do Senado iniciou há quase uma hora, mas os senadores petistas ficam pedindo questões de ordem, atrasando ainda mais o início dos discursos dos senadores inscritos. O senador Lindbergh Farias continua insistindo que não existiu crime, as senadoras petistas mantém o discurso de “não vai ter golpe” e a senadora Fátima Bezerra, alegando que não houve crime de responsabilidade e pediu a suspensão da sessão.

O senador Alvaro Dias pediu a palavra. Ele critica as questões de ordem dos governistas. “Trata-se de ‘questão de ordem’. É a criação do ‘regimento criativo'”, depois da ‘contabilidade criativa’, brinca o senador. Já o senador Renan Calheiros, presidente do Senado rejeitou o pedido de Fátima Bezerra.

Lindbergh Farias apresentou outra questão de ordem. Ele quer o julgamento das contas de Dilma no TCU, referentes a 2015. O PT quer tumultuar, já sabe que não tem como reverter, é só procrastinação.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta