Francisco Borges se torna o segundo juiz de Rondônia a presidir interinamente a entidade

A partir desta sexta-feira (23), o juiz de direito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia Francisco Borges, entra para a história da magistratura nacional. O magistrado passa a ser o segundo juiz rondoniense a ocupar a cadeira da presidência da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e exercerá a função até domingo (01/04).

Eleito em 2016 como Vice-Presidente de Interiorização da AMB, Francisco Borges, integrava a chapa AMB Forte, Independente e Representativa, encabeçada pelo então candidato à presidência Jayme de Oliveira do TJSP. O juiz Francisco Borges também presidiu a Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), por dois mandatos consecutivos, entre os anos de 2013 e 2016, e atualmente também compõe a diretoria de eventos.

O presidente interino da AMB, Francisco Borges, classifica a nomeação como, “uma forma de demonstração do prestígio de Rondônia no cenário nacional. Eu me sinto honrado por representar os magistrados de Rondônia e por estar à frente de uma entidade que congrega mais de dezesseis mil juízes”, declara.

A convocação de Borges para assumir a presidência interina da AMB, decorre da ausência do presidente Jayme de Oliveira que estará representando a magistratura do Brasil na Conferência do Tribunal do Povo que vai acontecer na China e terá como participantes as autoridades judiciárias dos países da língua portuguesa. “Seremos os únicos representantes da associação de classe e o que motivou esse convite é a dimensão da AMB, maior associação de juízes do mundo e muito respeitada no exterior”, afirma o magistrado paulista.

A AMB congrega 36 associações regionais, sendo 27 de juízes estaduais, sete trabalhistas e duas militares. A entidade foi fundada aos 10 de setembro de 1949 com a proposta de qualificar os magistrados para levar a excelência no exercício da profissão, promovendo debates, cursos especializados e esclarecer a sociedade acerca das atribuições dos profissionais que atuam no Judiciário.

Histórico

No período de 2011 até 2013, na gestão do então presidente Nelson Calandra, o desembargador Raduan Miguel Filho se tornou o primeiro o magistrado rondoniense a ocupar a presidência da AMB de forma interina, fato que se repetiu em diversas ocasiões enquanto exercia a função de Vice-Presidente da entidade.

A representatividade e a relação de Rondônia nos assuntos que envolvem a magistratura nacional e o Judiciário são profundas e longínquas. A juíza Maria Abadia de Castro Mariano Soares Lima, hoje aposentada, se tornou a primeira juíza rondoniense a ocupar a cadeira de Vice-Presidente da AMB, na gestão do presidente Antônio Carlos Viana Santos (TJSP), no biênio 2000/2001. No entanto, a magistrada não chegou a ocupar a presidência temporária da AMB.

Alan Alex

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.