fbpx

Justiça Federal bloqueia bens do ex-presidente Lula por dívidas fiscais

O ex-presidente Lula, preso desde o último sábado (7/4) em cumprimento antecipado de pena, teve seus bens bloqueados pela Justiça Federal de São Paulo por débitos fiscais. Também foram travados valores do Instituto Lula e de sua empresa de palestras, a Lils.

O montante bloqueado não foi divulgado e a Receita Federal disse que não se manifestaria por questão de sigilo. Já a assessoria do político negou falta de pagamento de impostos, e informou que a defesa já está recorrendo do bloqueio e do mérito.

O Instituto Lula se manifestou e avaliou a decisão como “mais um ataque de lawfare, a guerra jurídica contra Lula com fins políticos para sufocar as atividades do Instituto e dificultar o direito do ex-presidente Lula de se defender”.

Para o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, a “lava jato” quer retirar do ex-presidente qualquer possibilidade de defesa “ao privá-lo de seus bens e recursos para garantir um débito tributário que ainda está sendo discutido na esfera administrativa e que não tem qualquer relação com os valores reais doados ao Instituto Lula”.

 

Com informações da Agência Brasil.

Redação Painel Político

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.