Eduardo ainda não foi contatado pela polícia alegando “agenda lotada de shows”

O cantor sertanejo Eduardo Costa está sendo investigado pela polícia por suspeita de estelionato, de acordo com informações do SBT Brasil. O motivo se deve a uma negociação imobiliária.

Conforme documento obtido pelo programa em 2015, o cantor teria adquirido uma casa na região da Pampulha, em Belo Horizonte, por R$ 9 milhões. O valor pago em espécie teria sido de R$ 2 milhões, e o restante sendo quitado com bens de luxo, como carro, barco e outro imóvel.

O problema está neste outro imóvel que entrou na “negociação”. A mansão é avaliada em R$ 6 milhões e vem sendo investigada pelo Ministério Público desde 2013, por ter sido construída em área de preservação permanente. A casa fica situada no sul de Minas Gerais, às margens do lago Furnas, na cidade de Capitólio.

Segundo o boletim de ocorrência, Costa cometeu estelionato por esconder informações aos novos donos da mansão, que por sua vez processam o cantor e pedem anulação de contrato na Justiça, além de R$ 10 mil por danos morais.

Ainda segundo o SBT Brasil, a assessoria do cantor afirma que as acusações são falsas. Eduardo ainda não foi contatado pela polícia alegando agenda lotada de shows. No entanto, ele deverá ser notificado em breve.

Alan Alex

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.