• Homepage
  • >
  • Notas
  • >
  • Sequestro chega ao fim em Porto Velho; é um crime que nunca deu certo em RO

Sequestro chega ao fim em Porto Velho; é um crime que nunca deu certo em RO

Notas exclusivas de Painel Político

Jovem foi resgatado no cativeiro, em uma casa na zona leste da capital

Brasília – O crime de sequestro nunca deu certo em Rondônia. A polícia teve sucesso em absolutamente todos os casos que foram registrados. E nesta quarta-feira, mais uma quadrilha foi presa. Eles haviam sequestrado o filho de um dos sócios do grupo Autovema, quando a vítima aguardava a chegada da mãe, mas proximidades da empresa, que funciona na Avenida Jorge Teixeira.

Após intenso trabalho das polícias, Hiago foi liberado de seu cativeiro, em uma casa na zona leste de Porto Velho. No local a polícia encontrou colete a prova de bala, munições de pistola Ponto 40, touca e um par de luvas.

Polícia investiga sequestro em Porto Velho

Segundo a polícia, A mãe do jovem pediu ajuda, após o filho desaparecer e não atender ligações e nem responder mensagem que eram visualizadas. Um dos acusados, Francisco C.C.F (34), foi localizado na BR 364 próximo ao distrito de Jacy Paraná com o carro da vítima, um Fiat Toro de cor branca.

O homem disse que o tinha pego o veículo com um amigo e delatou onde poderia encontra-lo. A polícia foi até a casa na zona Leste e prendeu o foragido, Weliton H.C.J (21), que seria o vigia do cativeiro. Hiago na sequencia foi localizado em um dos cômodos sem nenhum tipo de lesão e entregue a família. A ocorrência foi registrada na Central De Polícia, onde os suspeitos foram apresentados e ficaram a disposição da Justiça.

Com informações do Rondoniaovivo

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília