Servidores municipais estão sem “dentista” Ipam não paga clínica desde Dezembro

A Contratada reclama as dificuldades criadas na nova gestão.

A CLÍNICA ODONTOLÓGICA MODERNA – CLIOM, suspendeu os serviços odontológicos aos servidores do Município de Porto Velho. De acordo com a empresa eles estão sem receber desde Dezembro de 2016 e o valor total já ultrapassou os 250 mil, tornando inviável a manutenção dos serviços e do contrato.

A empresa prestadora de serviços odontológicos é detentora do Contrato Administrativo nº 010/2013, junto ao Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho – IPAM, e tem contrato desde de 2013,  já está no 3º Termo Aditivo, com previsão de fim em Dezembro de 2017. O Preço dos Serviços, durante esses 4 anos, não foi reajustado ou repactuado.

Contudo, após a assinatura do 3º Termo Aditivo e juntamente com a mudança de gestão com a nova Equipe do Prefeito Hildon Chaves, a empresa reclama encontrar dificuldades em solucionar as questões referentes ao contrato. Em 20/01/2017, a CLIOM protocolizou o Ofício, solicitando informações quanto ao pagamento dos serviços prestados no mês de dezembro/2016 e, se colocando à disposição da nova gestão para fornecer documentos adicionais ou para prestar esclarecimentos em caso de dúvidas.

Nova Gestão

Em reunião datado de 31 de Março de 2017 ficou pactuado que o IPAM pagaria a quantia de 50% das notas emitidas em 5 dias. Desde então, o presidente do IPAM, Ivan de Oliveira, não efetuou os pagamentos, e não responde aos ofícios.

Em 10 de Abril a Cliom suspendeu a prestação dos serviços.

 

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário