Shakira é denunciada na Espanha por sonegação fiscal

A Agência Tributária Espanhola denunciou a cantora colombiana Shakira ao Ministério Público pelo crime de sonegação fiscal, o qual teria sido praticado entre 2011 e 2014. De acordo com o jornal La Vanguardia , o órgão considera que, como ela mora em Barcelona, na Espanha , deveria prestar declarações de renda ao fisco espanhol.

Shakira , porém, assegurou ao jornal que cumpriu com as obrigações fiscais e que está “disposta a enfrentar as consequências econômicas das discrepâncias técnicas que tem com a inspeção da Agência”. Para ela, “trata-se de uma diferença de critério, não de ocultação fiscal”. Apesar do casamento com o jogador espanhol Gerard Piqué, em 2011,  a cantora afirma que não tinha moradia fixa na Espanha durante o período listado, pois estava em turnê mundial e, com isso, não cumpriu os 183 dias mínimos de residência no país para prestar contas ao fisco.

De acordo com fontes da investigação, o valor do caso chega a “dezenas de milhões de euros”. Segundo a Forbes, no começo da década, Shakira arrecadava 25 milhões de euros por ano com suas turnês mundiais.

Em maus lençóis

Não são apenas os problemas na justiça que Shakira tem que enfrentar atualmente. A artista teve uma surpresa em outubro e teve que cancelar a sua turnê do seu novo disco, “El Dorado” na Europa por conta de problemas de saúde. De acordo com comunicado publicado em sua conta oficial do Instagram, a colombiana enfrentou uma hemorragia em uma de suas cordas vocais. Apesar do laudo médico indicar a necessidade de uma cirurgia de risco, em que ela poderia perder 80% da sua voz, a cantora acabou optando por não se submeter ao procedimento e seguir em um tratamento alternativo, porém agressivo. Apesar do baque,  Shakira parece estar com vontade de retornar aos palcos a todo vapor, já que ainda nesta segunda-feira (22), a cantora adicionou novas datas para a sua turnê europeia que deve começar em junho deste ano.

* Com informações da ANSA

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta