O Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transportes Coletivo Urbano (Sitetuperon) alertou que quinta-feira meia noite o transporte publico vai parar se o prefeito Mauro Nazif não tomar providencias sobre o contrato cancelado a 7 meses com as empresas.

O contrato foi cancelado, porque as empresas não estavam cumprindo a anos as exigências estabelecidas, como por exemplo a acessibilidade aos deficientes físicos, ar condicionados, idade média dos coletivos, entre outros.

Como o prefeito pretende contratar novas empresas para realizar o transporte público, o sindicato quer ganhar o contrato no grito.

O questionamento que fica e se a população prefere a situação do jeito que está, com ônibus velhos,danificados, sem condições de uso, ou prefere que o prefeito tome uma atitude mais enérgica e contrate de fato novas empresas.

É bom lembrar que os contratos das empresas de ônibus da capital só foi rescindido porque as empresas não querem se adequar as normas do contrato. Antes da rescisão as empresas foram convidadas e se adequarem aos padrões, dignos de transporte, que o portovelhense merece, mas preferiu fazer pouco dos usuários.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário