Smartphones afetam produtividade no trabalho, diz estudo

A pesquisa simulou quatro situações diferentes: com o smartphone no bolso, em cima da mesa de trabalho, trancado numa gaveta ou fora do alcance do usuário

Hoje em dia o smartphone é visto como uma ferramenta fundamental para manter comunicação com família e amigos mas também com colegas de trabalho, motivo pelo qual um dispositivo móvel é visto frequentemente como essencial para o trabalho. Ainda assim, a presença de um smartphone num ambiente profissional pode ter efeitos negativos na produtividade. De acordo com um estudo do Kaspersky Lab, a produtividade tem uma queda de 26%.

A pesquisa simulou quatro situações diferentes: com o smartphone no bolso, em cima da mesa de trabalho, trancado numa gaveta ou fora do alcance do usuário. Os resultados foram claros e permitiram aos pesquisadores determinar que quanto mais distância há entre os usuários e os smartphones, maior é também a sua capacidade de concentração.

“Em vez de terem acesso permanente aos seus smartphones, a produtividade dos funcionários de uma empresa pode ser trabalhada caso se crie um período de tempo no qual eles não sejam usados – ‘smartphone free’. Ou seja, através da implementação de regras para reuniões sem smartphones e sem computadores”” afirma via comunicado o Diretor Geral da Kaspersky Lab Iberia, Alfonso Ramírez.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário