Soldado da PM mata tio de ex-mulher durante briga

Um soldado da Polícia Militar foi preso em flagrante, neste sábado (1º), após atirar e matar o tio da ex-mulher dele dentro de uma casa no Bairro Jardim Guanabara, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. O policial, identificado como Jonathan Ribeiro, teria ido até à residência para conversar com a ex, a pedido dela. Uma tia da ex-mulher também foi atingida pelo tiro.

Conforme o relato dos policiais militares que atenderam a ocorrência, ao chegarem ao local, o soldado aparentava estar nervoso e portava a arma, que é patrimônio da PM, em sua cintura. À polícia, Jonathan alegou que disparou contra o tio da ex-mulher, identificado como Salvador Gonçalves Junior, após ser agredido por ele com socos no rosto.

Segundo a polícia, o PM disse que estava conversando com a ex quando foi agredido por Salvador. Ambos teriam entrado em luta corporal e, de acordo com a Polícia Civil, ficaram com as roupas rasgadas. O policial alega que, para cessar as agressões, atirou contra o tio da ex-mulher.

As duas vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Cáceres, onde a polícia foi informada de que Salvador, que teria sido atingido na região direita do tórax, havia morrido. Já a mulher socorrida teria sido atingida na perna esquerda e já estava fora de perigo.

À PM, a ex-mulher do soldado Jonathan Ribeiro afirmou que havia ligado para ele para pedir que fosse até à casa para conversarem. Ela disse que estava dentro da casa quando ouviu gritos do lado de fora. Ao sair da residência, ela relatou ter ouvido o tio dizer que “havia ido salvá-la”, enquanto o ex-marido afirmava que havia sido agredido.

O policial militar foi encaminhado para a Delegacia de Cáceres, onde foi autuado em flagrante pela Polícia Civil. A arma usada pelo PM foi apreendida e deve passar por perícia. No local, a polícia encontrou apenas uma cápsula deflagrada. O PM está detido no quartel daquele município, à disposição da Justiça.

De acordo com a Polícia Civil, o casal tem um filho e o soldado não estaria aceitando a separação, que teria ocorrido há 14 dias.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta