Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Suposto assassino de policial é executado com tiros na boca e cabeça

0

Menor tinha 17 anos incompletos e era suspeito de ter atirado no policial civil Wladimir Ferreira, que morreu na tarde de segunda, 20

Um menor que completaria 17 anos em dezembro, foi baleado por policiais durante o cumprimento do mandado de sua prisão com dois tiros, um na boca e outro na cabeça. O caso aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira em Porto Velho. De acordo com a versão da polícia, o menor havia sido o autor dos disparos que resultaram na morte do policial civil Wladimir Ferreira, ocorrido há 10 dias durante uma ação ainda não explicada em uma pizzaria da capital.

O menor chegou a ser encaminhado ao hospital João Paulo II, mas faleceu por volta das 5 horas desta quarta-feira.

Tentativa de assalto

pcbaleado
Policial foi baleado em pizzaria na capital

O policial civil Wladimir Ferreira foi baleado durante uma suposta tentativa de assalto ocorrida em uma pizzaria da capital no dia 12 deste mês. Testemunhos controversos falam em tentativa de assalto, outros que o policial era o alvo. Wladimir tinha 35 anos e na hora que foi baleado estava acompanhado de sua esposa e filhos. Ele levou três tiros e após 10 dias internado, faleceu em decorrência dos ferimentos na segunda-feira, 20.

Captura

O mandado de prisão contra o menor foi expedito pela Vara da Infância e Juventude da capital. O acusado tinha como residência fixa o bairro Teixeirão, mas foi localizado no Areal da Floresta. A polícia não explicou as circunstâncias da prisão, tampouco revelou detalhes da ação. O menor deu entrada no pronto socorro do hospital João Paulo II durante a noite e faleceu na manhã desta quarta-feira, vítima dos ferimentos. A família do menor nega que ele tenha sido o autor dos disparos.

Comentários
Carregando