fbpx
Suposto delegado é preso no DF ao aplicar golpe do “boa noite cinderela”

Gláucio Saraiva, 44 anos, foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23/8) por aplicar o golpe chamado de “Boa Noite Cinderela” em mulheres do Distrito Federal. A investigação é da Coordenação de Crimes contra o Consumidor, à Ordem Tributária e a Fraudes (Corf).

De acordo com a polícia, o homem, que morava no Guará, atraia mulheres solteiras por meio de redes sociais e aplicativos de namoro. Durante o encontro, ele colocava balas adulteradas com substâncias de tarja preta na bebida das vítimas e as dopava.

Vulneráveis, as mulheres eram levadas para um motel ou à casa delas, onde ele mantinha relações sexuais e, depois, fugia com dinheiro, documentos e objetos de valor. A polícia identificou cinco vítimas, mas acredita que o número pode aumentar. Quem reconhecer o homem pode ligar no 197.

Ainda segundo os investigadores, na casa do suspeito foram encontrados distintivos de polícia e até mesmo um certificado de especialização emitido por uma entidade da Bahia. O homem se apresentava para as vítimas como delegado dos direitos humanos.

Gláucio Saraiva, 44 anos, foi preso pela Polícia Civil no Guará

Fonte: metropoles.com

 

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta