Suspeito diz ter cortado pescoço de atleta britânica no AM
Um suspeito de envolvimento na morte da atleta britânica Emma Kelty, que foi preso nesta quarta-feira (20) em Coari, no Amazonas, confessou à Polícia Civil ter cortado o pescoço da esportista e jogado o corpo dela no rio. A informação é do delegado titular do município, José Barradas.

Ainda segundo o delegado, o suspeito Artur Gomes da Silva (conhecido como “Beira”) foi encontrado escondido no mato com apenas um celular e um GPS que eram da atleta. O suspeito foi preso após denúncia anônima na comunidade Lauro Sodré, local onde a atleta foi assassinada.

No último dia 13, a atleta britânica de 43 anos foi morta com dois tiros de espingarda calibre 20 e depois teve o corpo jogado no rio Solimões.

A vítima estava acampando quando foi abordada pelo grupo. Conforme depoimento dos envolvidos já detidos, eles estavam em uma canoa própria e foram para a comunidade para praticar crimes ocasionais.

Após matá-la, os suspeitos pegaram todos os pertences dela. Eles colocaram o corpo da britânica na canoa deles e a jogaram no fundo do rio. A canoa usada no crime foi apreendida e será levada para perícia em Manaus, em busca de material genético da atleta. Até o momento, o corpo da britânica não foi encontrado.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta