Comissão de Ética Pública abre investigação contra ministra dos Direitos Humanos

Comissão de Ética Pública abre investigação contra ministra dos Direitos Humanos

On : --

A Comissão de Ética Pública da Presidência vai abrir procedimento investigatório contra a ministra Luislinda Valois, dos Direitos Humanos, a mesma que pediu para receber R$ 61,4 mil sob alegação de trabalho escravo. Ao contrário do que a Coluna do Estadão informou, o procedimento de investigação será aberto por receber diárias de viagens sem a correspondente atividade de trabalho.