Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Taxa de desemprego ficou em 6,8% em 2014, aponta IBGE

0

A taxa de desocupação no 4º trimestre de 2014 foi estimada em 6,5% para o Brasil, o que representa queda na comparação com o 3º trimestre (6,8%), mas registra alta frente ao 4º trimestre de 2013 (6,2%).

No ano, a taxa ficou em 6,8%, abaixo dos 7,1% registrados em 2013 e dos 7,4% em 2012. Apopulação desocupada também mostrou queda na comparação com o trimestre imediatamente anterior, passando de 6,7 milhões para 6,5 milhões de pessoas.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domícilios (PNAD Contínua), divulgados nesta terça-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O nível da ocupação (indicador que mede a parcela da população ocupada em relação à população em idade de trabalhar) foi estimado em 56,9% no 4º trimestre, permanecendo praticamente estável frente ao trimestre anterior (56,8%) e em relação ao 4º trimestre de 2013 (57,3%).

Também no 4º trimestre de 2014, 77,7% dos empregados do setor privado tinham carteira de trabalho assinada, apresentando avanço de 1,3 ponto percentual em relação ao 4º trimestre do ano anterior.

Entenda a PNAD Contínua

A PNAD Contínua é realizada por meio de uma amostra de domicílios, extraída de uma amostra mestra, de forma a garantir a representatividade dos resultados para os diversos níveis geográficos definidos. A cada trimestre, a pesquisa investiga 211.344 domicílios particulares permanentes em aproximadamente 16 mil setores censitários, distribuídos em cerca de 3,5 mil municípios. Ela contempla maior número de municípios, de setores censitários e de domicílios investigados em relação à PNAD, que, em 2012, pesquisou 147.203 domicílios em 9.116 setores censitários, distribuídos em 1,1 mil municípios brasileiros. Segundo o IBGE, a pesquisa mais ampla e contínua “permite, portanto, um ganho considerável na precisão das estimativas, especialmente nas áreas rurais”.

 

Fonte: IG

Comentários
Carregando