fbpx
Taxistas protestam contra Uber e confrontam PMs no Rio de Janeiro

Um protesto de centenas de taxistas tumultua o trânsito no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (27/7). Eles exigem mais fiscalização contra motoristas que usam o Uber para transportar passageiros. Os taxistas se envolveram em pequenos conflitos com condutores do aplicativo e, aqueles que não aderiram ao protesto, foram atingidos por ovos. Além disso, os manifestantes confrontaram policiais militares do batalhão de choque, que reagiram atirando bombas de efeito moral.

No início da manhã, um grupo fez barricadas de fogo em acessos do Aeroporto Santos Dumont.

Os comboios de taxistas surgem de pontos diferentes da cidade. Ocupam parte das pistas em baixa velocidade, o que causa engarrafamentos, e seguem para a sede administrativa da prefeitura do Rio, na Cidade Nova. Alguns estacionaram seus táxis no sambódromo e seguiram a pé até o Centro Administrativo São Sebastião, onde ficam as secretarias e o gabinete do prefeito Marcelo Crivella (PRB).

A Secretaria de Ordem Pública estipulou uma multa de R$ 5 mil para taxistas que bloqueassem vias. Apesar dessa ameaça, houve interrupções momentâneas em ruas importantes, como na Avenida Presidente Vargas.

Desconto
Em resposta à manifestação, o Uber anunciou um desconto de 30% em trajetos na cidade. “Nesta quinta, os cariocas poderão enfrentar dificuldades para se locomover pela cidade. Para que isso não atrapalhe o seu dia, a Uber vai oferecer 30% de desconto em viagens iniciadas ou finalizadas nas áreas das principais conexões de transporte público do Rio de Janeiro”, informaram os responsáveis pelo aplicativo, por nota.

Fonte: metropoles.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta