fbpx
TCE encontra comida vencida e até pombos junto a merenda de escolas públicas de SP

Uma fiscalização-surpresa realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) identificou uma série de irregularidades na merenda de escolas públicas de São Paulo. Alimentos fora do prazo de validade, latas de comida enferrujadas, goteiras e até pombos foram encontrados dentro de refeitórios que recebem os alunos das redes municipais e estadual (veja o relatório).

Uma fiscalização-surpresa realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) identificou uma série de irregularidades na merenda de escolas públicas de São Paulo. Alimentos fora do prazo de validade, latas de comida enferrujadas, goteiras e até pombos foram encontrados dentro de refeitórios que recebem os alunos das redes municipais e estadual (veja o relatório).

Feijão vencido era guardado junto com outros alimentos servidos a crianças de escolas públicas de SP (Foto: Divulgação/TCE-SP)

As escolas públicas de São Paulo também deixaram a desejar no quesito segurança contra incêndios, de acordo com o TCE. 90% dos colégios vistoriados não possuem o alvará obrigatório do Corpo de Bombeiros. Além disso, extintores vencidos e hidrantes sem mangueiras são as opções para combater possíveis incêndios em algumas unidades.

Latas enferrujadas, goteiras, hortaliças sem refrigeração, alimentos armazenados em meio a produtos de limpeza, equipamentos de cozinha quebrados e a presença de insetos e pombos em refeitórios foram outras irregularidades flagradas pelos fiscais na rede pública de ensino. Até garrafas de bebidas alcoólicas estavam armazenadas em meio a itens da merenda.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo ressaltou que “as visitas do Tribunal de Contas do Estado sempre são respondidas pela Pasta e todas as escolas têm sido acompanhadas de modo que os programas sejam aperfeiçoados. A Secretaria se mantém à disposição do órgão, que até o momento não notificou sobre a fiscalização mencionada pela reportagem”.

“Todas as unidades contam com extintores e outros equipamentos necessários para o combate a incêndios, assim como brigadas formadas pela Escola de Formação e Aprimoramento da Secretaria. A Educação mantém um Termo de Ajustamento de Conduta em vigor com o Ministério Público de São Paulo que prevê a obtenção de Autos de Vistoria do Corpo de Bombeiros para todas as escolas estaduais”, diz a nota.

Fiscais encontraram barata morta na cozinha de escola pública de SP (Foto: Divulgação/TCE-SP)
 Fonte: g1/sp
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta