TCU convoca para provas de concurso

O Tribunal de Contas da União (TCU) convocou os candidatos do concurso público para 29 vagas de auditor federal de controle externo para as provas que serão aplicadas. Do total das oportunidades, 1 vaga é reservada para candidatos com deficiência. O salário é de R$ 12.076,90. No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital (acesse o edital).
A prova objetiva (PO1) e a prova discursiva (PD1) terão a duração de 4h30 e serão aplicadas no dia 13 de outubro, às 8h. A prova objetiva (PO2) e a prova discursiva (PD2) terão a duração de 5 horas e serão aplicadas no dia 13 de outubro, às 15h. O candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o endereço eletrônico auditor para verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual, devendo informar os dados solicitados.
As provas objetivas (conhecimentos básicos e específicos) e discursivas serão aplicadas nas cidades de Brasília, Macapá, Manaus, Cuiabá, Belém e Porto Velho. A perícia para candidatos com deficiência também serão feitas nessas cidades. O programa de formação (segunda fase) será realizado somente em Brasília.
Todas as oportunidades são para o cargo de auditor federal de controle externo – área controle externo – especialidade auditoria governamental – orientação auditoria governamental. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível superior em qualquer área de formação. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
As atividades do cargo são: desenvolver atividades de planejamento, de coordenação e de execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos da União, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, a legitimidade, a economicidade, a eficiência e a efetividade em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, dos atos jurisdicionados ao Tribunal de Contas da União.
As vagas são para Brasília (19), Amapá (2), Amazonas (2), Mato Grosso (2), Pará (2) e Rondônia (2).
O concurso terá validade de 90 dias improrrogáveis e não poderá ser prorrogado.

 

Fonte: G1

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Por favor, dê um like em nossa página no Facebook
Placeholder
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília

Associado da Liga de Defesa da Internet