Teatro Estadual inaugurado em 2014 continua sem Alvará

 

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Em setembro de 2014, em plena campanha eleitoral o governo de Rondônia inaugurou o Palácio das Artes, o teatro estadual, cujas obras tiveram início em 1998. A solenidade contou com a presença de autoridades, entre elas do próprio Confúcio Moura, que não discursou, mas sua participação gerou uma ação eleitoral.

Dias depois, chega a informação que o Teatro não tinha alvará de funcionamento, documento expedido pela prefeitura de Porto Velho após análise de todos os critérios. Em fevereiro deste ano o governo de Rondônia, através da Secretaria de Obras informou que “faltava apenas o relatório de trânsito” que deveria ter sido repassado pela secretaria municipal de trânsito, órgão da prefeitura, “mas que tudo estaria resolvido dentro de 15 dias”. Isso aconteceu no dia 3 de fevereiro e até hoje continua o impasse.

O diretor do teatro, Luis Carlos dos Santos, que é servidor no Rio de Janeiro e está cedido para o governo de Rondônia desde 2012, informou que o alvará deverá sair nas próximas semanas, abrindo oficialmente a temporada de 2015, em retorno das atividades  dia 28 de março, com a apresentação do Ballet de Palma, que será aberto ao público.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta