fbpx

A coluna Radar, da Revista Veja mostra que o senador Ivo Cassol, que segue em liberdade apesar de ter sido condenado pelo STF em agosto de 2013 a 4 anos e 8 meses de prisão, deve ganhar mais uns dias fora da cadeia.

Isso porque na semana que vem, quando o STF julgar um de seus recursos, um imbróglio pode ser desfeito.

Desde o mensalão, virou praxe no STF determinar o recolhimento de políticos após a rejeição não do primeiro, mas do segundo recurso contra a condenação, os chamados segundos embargos de declaração.

O problema é que, segundo advogados do senador, a ministra Cármen Lúcia, responsável pelo caso, ao analisar o primeiro recurso, o tratou como se na verdade fosse o segundo.

Nos bastidores, alguns ministros dizem que foram induzidos ao erro por Cármen e acabaram rejeitando de pronto o recurso por acreditar que não se tratava de uma primeira apelação, mas já de uma segunda.

Cármen nunca admitiu o erro e levará ao pleno na semana que vem os supostos “terceiros embargos” do senador.

Com toda esta confusão, é possível que Cassol consiga mais alguns dias de liberdade.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta