Telecom volta a negar rumores sobre fusão entre TIM e Oi

In Economia
Grupos concorrentes podem unir forças para assumir recuperação da Oi

Boatos ganharam força após entrevista do egípcio Naguib Sawiris.

A Telecom Italia voltou a negar nesta terça-feira (10) rumores sobre uma eventual fusão entre sua subsidiária TIM Brasil e a Oi, fortalecidos após uma entrevista do bilionário egípcio Naguib Sawiris ao jornal “Folha de S. Paulo”.

Ao diário paulista, o magnata disse que virá ao Brasil nas próximas semanas para convencer o governo de que é a “melhor opção” para salvar a Oi, empresa que está em recuperação judicial e possui uma dívida de R$ 65,4 bilhões.

Na entrevista, Sawiris afirmou ainda que, após a retomada da operadora, poderá avaliar uma fusão com a TIM, companhia pela qual já havia demonstrado interesse em 2014. “Não há nenhuma intenção de unir a TIM Brasil com a Oi, e os boatos da imprensa não têm fundamento”, garantiram fontes da Telecom Italia.

Nos últimos anos, circularam rumores sobre uma possível união entre as duas empresas, mas a negociação foi negada repetidas vezes tanto pela Telecom quanto pela TIM. Em outubro passado, o presidente da subsidiária brasileira do grupo italiano, Stefano De Angelis, declarou que não pretendia nem olhar para a Oi por pelo menos seis meses.

Segundo o executivo, a operadora possui problemas nos quais a TIM “não quer se meter” – o pedido de recuperação judicial da Oi é considerado o maior da história do Brasil.

Fonte: noticiasaominuto

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Divulgar fotos íntimas sem permissão vai dar de 3 meses a 1 ano de prisão

Espalhe essa informação Câmara tipifica crime de exposição de fotos íntimas na internet O Plenário da Câmara dos Deputados

Read More...

Minas Gerais confirma 83 mortes por febre amarela

Espalhe essa informação Diante do quadro, o governo mineiro anunciou novas medidas para o combate ao surto Em novo

Read More...
Indicação de Moraes ao STF é aprovada na CCJ e segue para o plenário do Senado

Indicação de Moraes ao STF é aprovada na CCJ e segue para o plenário do Senado

Espalhe essa informação Ministro licenciado da Justiça teve indicação aprovada por 19 votos a 7; indicado por Temer, se

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu