Temer quer investigar porto de Mariel construído em Cuba

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle já prepara uma equipe para auditar os contratos do porto

O governo interino de Michel Temer abrirá auditoria sobre uma das obras dos governos de Lula e Dilma Rousseff: o Porto de Mariel, em Cuba, que foi construído pela Odebrecht.

Segundo a publicação da coluna de Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle já prepara uma equipe para auditar os contratos do porto. A pasta acredita que não houve retorno em prestação de serviços para empresas brasileiras já que, em Cuba, quase tudo é estatal.

É provável que o BNDES também passe por uma auditoria, já que a obra do porto foi feita com recursos oriundos da instituição.

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta