fbpx
Tentativa de assalto aos Correios termina com quatro ladrões mortos

Ladrões ainda não foram identificados; PM de Campo Grande vai falar sobre caso em coletiva

Moradores do centro de Campo Grande ficaram apavorados com o tiroteio, na madrugada desta segunda-feira (30), entre os policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e quatro homens que tentavam furtar uma agência dos Correios.

O aposentado Adalton Moraes acordou com o barulho dos disparos. “Quando ouvi o barulho, eu falei: ‘tem gente soltando foguete essa hora na rua?’. Aí perguntei para o porteiro. Ele falou: ‘não é foguete não, é bala mesmo’. Aí eu saí na janela, olhei que era por aqui, o barulho”.

“A gente fica insegura, né! É um medo que dá. A gente trabalha até tarde da noite e fica aqui é sempre bem perigoso. Agora com essa a gente fica um pouquinho mais assustado, né?”, reclama a fisioterapeuta Lariane Veron.

As investigações vão ser coordenadas pela Polícia Federal porque os Correios são uma empresa da união. O delegado responsável pelo caso quer saber se mais pessoas estão envolvidas.

“Todos os policiais e todas as testemunhas estão sendo ouvidos. Vai ser feita a perícia, tanto na agência dos Correios, quanto no automóvel, buscando instaurar um inquérito, para verificar a participação de terceiros nesta ocorrência; se é uma organização criminosa maior, se é uma quadrilha que se juntou para aquela ação criminosa. Tudo agora vai ser objeto de investigação”, explica o delegado Cléo Mazzotti.

Policiais fizeram perícia no local do assalto

O caso
De acordo com a polícia, por volta da 1h (de MS), policiais do serviço de inteligência faziam serviço de monitoramento e viram vidros quebrados na entrada da agência, na rua Arthur Jorge, e pediram reforço.

Os policiais do Bope chegaram ao local e foram recebidos com tiros, supostamente disparados pelos ladrões. Os militares reagiram. Suspeitos foram baleados, socorridos e levados à Santa Casa, mas não resistiram aos ferimentos. A identificação deles ainda não foi divulgada.

O carro que seria usado pela quadrilha foi deixado a poucos metros da agência. Várias capsulas ficaram espalhadas na rua, que foi interditada pela Polícia Federal. A PF ficará responsável pelas investigações.

Estatística
Segundo a Polícia Militar, em 2016, ladrões levaram cerca de um R$ 1 milhão de agências dos Correios, em Mato Grosso do Sulx. Na tarde desta segunda-feira (30), a PM vai falar sobre o caso mais recente em uma entrevista coletiva.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta