Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Terapia com sanguessuga faz mulher emagrecer e ter orgasmos múltiplos

0

A inglesa Alex Bogatyriova, de 48 anos, mudou a vida depois de começar uma terapia com sanguessugas. Em entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”, ela conta que sentiu pela primeira vez orgamos múltiplos e até emagreceu depois de ter começado o “tratamento”.

A terapia com sanguessuga faz parte da medicina há séculos e é indicada para tratamento de varizes, dores musculares, problemas de circulação e diversos outros males.

Alex, que também estuda terapias alternativas, adotou a terapia para minimizar os sintomas do menopausa e tentar melhorar a qualidade da vida sexual. “As sanguessugas melhoraram a minha vida amorosa e, pela primeira vez, senti orgasmos múltiplos. Foi maravihoso”, diz a inglesa ao jornal.

Ela ainda explica que deixa as sanguessugas caminharem pelo seu corpo e que isso ajuda a desintoxicar. Alex coloca os animais no peito para eliminar toxinas, na boca para limpar a gengiva e nos pés para melhorar a circulação do sangue.

Outra vantagem da terapia, de acordo com Alex, foi o emagrecimento. “As sanguessugas ajudam a melhorar a minha qualidade de vida, a desintoxicar e a emagrecer”, afirma. “Durante uma semana eu coloquei uma sanguessuga na minha barriga por 25 minutos. Ao final da semana, as roupas estavam mais largas. Conferi meu peso e havia perdido 6 kg. Fiquei em choque”, detalha a inglesa ao jornal.

Depois, continou com a terapia. A inglesa fala que já usou 200 sanguessuas em seu corpo e, às vezes, as deixa sobre a pele por mais de duas horas.

Ela fala ainda que nunca foi fã de exercícios e que ja havia tentado inúmeras dietas e nenhuma havia dado resultado. Agora, sente-se muito melhor com a terapia alternativa com os animais. Alex foi convidada a participar de um grupo com essa terapia há cinco anos, em Londres, e conta ainda ter ficado bastante surpresa ao saber que as sanguessugas poderiam a ajudar na luta para perder peso.

Ela conserva as sanguessugas em uma jarra com água em sua cozinha. Alex as chama de “bebês”. “Não consigo mais viver sem eles”, comenta. “As pessoas ficam assustadas ao ver as sanguessugas, mas elas sempre fizeram parte da medicina natural”, completa.

Comentários
Carregando