Tesoureiro do PT é preso pela PF na Operação Lava Jato

Todas as ordens judiciais estão sendo cumpridas na cidade de São Paulo, e os presos serão levados para Curitiba

O tesoureiro do PT João Vaccari Neto foi preso na manhã desta quarta-feira (15) pela Polícia Federal na 12ª fase da operação Lava Jato.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Vaccari é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, com base em depoimentos de delatores da operação. Eles afirmam que o tesoureiro intermediou doações de propina em contratos com fornecedores da Petrobras e que o dinheiro foi usado para financiar campanhas políticas. O tesoureiro foi detido em casa.

12ª fase da Lava Jato

A Polícia Federal cumpriu nesta manhã, quatro ordens judiciais no bojo da 12ª Fase da Operação Lava Jato.

Foram cumpridos um mandado de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e um mandado de condução coercitiva.

Todas as ordens judiciais estão sendo cumpridas na cidade de São Paulo/SP, e os presos serão levados imediatamente para a Superintendência da Polícia Federal no Paraná em Curitiba.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta