TJ de Rondônia mantém condenação de ex-deputada Ana da Oito por nepotismo

Os desembargadores da 1ª Câmara Especial rejeitaram o recurso de apelação da ex-parlamentar

 

Os desembargadores deram provimento somente ao recurso apresentado por Luciana Dermani Aguiar, irmã de Ana da Oito, mas os termos do acórdão não foram lançados no sistema do TJ/RO. No entanto, a condenação por improbidade administrativa foi mantida em relação à ex-deputada.

Contra a sentença de 1º grau, a então parlamentar apresentou recurso de apelação, julgado pela 1ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO) no dia 27 de outubro. A decisão foi publicada no Diário Oficial de Justiça desta sexta-feira (11).

“Caracteriza atuar ímprobo conduta que de parlamentar que vai além da singela indicação de parentes para nomeação, revelando imposição de nomes para atender a interesses particulares, desgarrados, pois, do interesse coletivo que deve nortear a conduta dos agentes públicos de um modo geral”, concluíram os membros do Poder Judiciário.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário