• Homepage
  • >
  • Rondônia
  • >
  • TJ Rondônia suspende greve dos agentes penitenciários prevista para iniciar amanhã

TJ Rondônia suspende greve dos agentes penitenciários prevista para iniciar amanhã

TJ Rondônia suspende greve dos agentes penitenciários prevista para iniciar amanhã

O desembargador Roosevelt Queiroz Costa, na manhã desta quarta-feira, 10, concedeu uma liminar (decisão provisória), na Ação Declaratória n. 0801150-04.2017.8.22.0000, impetrada pelo Estado de Rondônia contra o Singeperon. A decisão suspende a greve dos agentes penitenciários estaduais prevista para iniciar amanhã, dia 11, e designou uma audiência de conciliação entre o Estado de Rondônia e o Sindicato dos Agentes Penitenciários e Socioeducadores do Estado de Rondônia – Singeperon para o dia 26 de maio de 2017, às 10 horas, no 5º andar, do edifício-sede do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, situado na Rua José Camacho, Bairro Olaria.

De acordo com a decisão monocrática do relator, desembargador Roosevelt Queiroz, a suspensão da greve não significa negar esse direito ao servidor público, mas no caso, trata-se de uma categoria que tem funções imprescindíveis para a manutenção da ordem e da segurança pública, conforme já está pacificado pelo STF; pois “a paralisação dos agentes penitenciários representa um risco tanto às pessoas que estão sob a custódia do Estado quanto aos familiares destes e toda a sociedade.

Para o relator, diante das alegações do Estado e Singeperon, é necessário que seja estabelecido diálogo entre o Estado de Rondônia e o sindicato da categoria a fim de que possam entrar em acordo acerca das reivindicações dos servidores.

Em caso de descumprimento da decisão pelo Singeperon, este será multado diariamente em 50 mil reais até o valor máximo de 800 mil reais. E aos membros do Sindicato e servidores que aderirem ao movimento grevista será aplicado a cada um, a multa diária de 5 mil reais.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

Direto de Brasília