fbpx
Trabalhadores da Ceron e Eletronorte aprovam indicativo de paralisação de 72 horas

Nesta quinta-feira, 22, os trabalhadores e trabalhadoras da Ceron e Eletronorte paralisaram suas atividades contra a reestruturação unilateral do Sistema Eletrobras, bem como, pela garantia do pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Durante a paralisação a categoria decidiu em assembleia deliberativa, pela rejeição da proposta apresentada pela Eletrobras referente à PLR. De acordo com a proposta, o valor devido aos eletricitários seria pago em duas parcelas, no mês de setembro e dezembro, respectivamente. Além disso, foi aprovado o indicativo de paralisação de 72 horas, a partir do dia 28 de junho.

Os trabalhadores e trabalhadoras tem como objetivo pressionar a direção da empresa para avançar na negociação da PLR, aperfeiçoar o Programa de Aposentadoria Extraordinária (PAE), a suspensão do Centro de Serviço Compartilhado (CSC) mas, principalmente, o fim da prejudicial reestruturação das empresas e das privatizações.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta