TRE julga nesta terça embargos de Confúcio

Três juízes já votaram pela rejeição do recurso; cassação deve ser mantida

O Tribunal Regional Eleitoral julga na sessão desta terça-feira, 14, os embargos declaratórios do governador Confúcio Moura, cassado no dia 5 de março por abuso de poder econômico e político.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Na sessão da semana passada, quando teve início o julgamento dos embargos, três juízes votaram pela rejeição e o juiz eleitoral Delson Xavier pediu vistas e deve apresentar seu voto nesta terça-feira. Ele foi acusado pela defesa de Confúcio de ter “buscado provas na internet para redigir seu voto”, na sessão que cassou o mandato do governador e seu vice, Daniel Pereira (PSB).

Confúcio conseguiu uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral garantindo sua permanência no cargo até que o mérito de seu afastamento seja julgado pela Corte superior, o que deve ocorrer se for mantida a cassação. Apenas o desembargador Roosevelt Queiroz votou favorável a aceitação dos embargos propostos pelo governador.

Na próxima sessão pode ocorrer nova cassação

O TRE já pautou para o dia 16, quinta-feira a ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral que também pede a cassação do mandato de Confúcio e Daniel Pereira por abuso de poder econômico e político. Entre as denúncias está o mesmo objeto da que cassou o mandato pela primeira vez, a distribuição de alimentos para cerca de 1.500 pessoas que estavam presentes a convenção do PMDB.

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta