fbpx
Três homens são presos com 180 quilos de cocaína na BR em Vilhena

Droga estava escondida em dois fundos falsos do veículo.
Homem disse que receberia R$ 25 mil pelo transporte do entorpecente.

Três homens foram presos por tráfico de drogas na sexta-feira (20), no quilômetro 16 da BR-364, em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. No veículo em que estavam, foram encontrados 180 quilos de cocaína fracionada em tabletes. A droga estava escondida em dois fundos falsos do veículo.

Uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Civil realizavam patrulhamento na rodovia, quando abordaram uma van conduzida por um homem de 29 anos. No veículo, havia dois passageiros de 32 e 54 anos.

Conforme os policiais, os ocupantes da van demostraram nervosismo durante a abordagem e prestaram informações desencontradas sobre origem, destino e ocupação. Na revista ao veículo, foram localizados a droga em tabletes de um quilo cada.

O entorpecente estava escondido na parte de trás do veículo, debaixo da última fileira de assentos, e na parte da frente, junto ao suporte de televisão. O passageiro de 54 anos contou aos policiais que era o proprietário da van e da droga.

O suspeito revelou que entregou a van para uma pessoa em Porto Velho, que foi até o município de Guajará-Mirim (RO), carregar e preparar a van para o transporte da droga. Ele não revelou o nome do motorista que teria realizado o serviço. O veículo foi devolvido ao proprietário.

O homem ainda confessou que receberia a quantia de R$ 25 mil para realizar o transporte do veículo e da substancia até Fortaleza (CE). A polícia apreendeu quatro celulares e a quantia de R$ 3. 566.

Os suspeitos receberam voz de prisão, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil e depois encaminhados para a Casa de Detenção do município.

Fonte: g1.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta