fbpx
Três mulheres estão sendo investigadas por assassinato de PM no PR

A Polícia Civil já sabe quem são os envolvidos na morte do cabo Paulo Marco Chaniuk, da Polícia Militar (PM), encontrado carbonizado dentro de um carro no último sábado (6) em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Apesar de o corpo ainda não ter sido identificado oficialmente, a família tem certeza de que se trata do policial e os investigadores começaram a trabalhar a partir desta hipótese.

De acordo com o superintendente Emir Silveira, da delegacia do município, pelo menos cinco pessoas tiveram participação no crime, três mulheres e dois homens. “Nós já definimos os suspeitos que tiveram envolvimento direto com o caso, mas ainda não chegamos na motivação. Como já havia passado o período de flagrante, ainda não há ninguém detido, por isso vamos trabalhar com prisões preventivas”, disse ele em entrevista nesta terça-feira (9).

Até o momento, destas cinco pessoas, duas já foram ouvidas na delegacia. “Nós recebemos a informação de que o homicídio aconteceu em frente a uma casa, mas precisamos investigar tudo isso. Não podemos afirmar também se tudo teria se iniciado em uma discussão em um bar ou não”, completou.

De acordo com o Instituto de Criminalística, a vítima teria sido morta a facadas e, posteriormente, abandonada no próprio carro, onde foi carbonizada. O resultado do exame da arcada dentária, para identificação do corpo, deve sair em breve. A delegacia de Campo Largo continua a investigar o crime.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta