Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

TRT emite diploma à prefeita de Jaru por agilidade administrativa nos pagamentos de precatórios

0

A administração do município de Jaru/RO foi agraciada com o reconhecimento do Tribunal Regional do Trabalho – TRT, pela quitação de todos os débitos em precatórios. No último dia 10, a prefeita professora Sônia recebeu das mãos do presidente do órgão, Desembargador Ilson Alves, o Certificado “Precatório Zero”. O diploma é uma honraria concedida pela Justiça aos gestores que adotam postura de responsabilidade para com os créditos alimentícios, com política de agilidade.

Ao receber o prêmio do Tribunal, a prefeita destacou a importância do título à sua equipe gestora, que por meio de sua determinação, vem desenvolvendo práticas humanizadas, que visam melhorias aos munícipes. Além disso, conforme salientou Sônia, a iniciativa do TRT em promover tamanho prestígio solene a inspira ainda mais a empreender ações do tipo. “O pagamento desse direito atende a toda uma expectativa da família e estimula a circulação do dinheiro, refletindo no comércio local”, observou.

Conforme salientou o presidente do TRT, Desembargador Ilson Alves, este é o quarto ano consecutivo de realização de entrega do certificado pelo Juízo Auxiliar de Conciliações de Precatórios (JACP). Ao entregar o certificado à prefeita Sônia, Alves frisou que o diploma tem uma conotação especial, pois exprime a consciência do bem gerir e responsabilidade com a coisa pública. “Nós reconhecemos o empenho dos gestores e suas equipes, visto que, estão comprometidos e seu povo está bem representado”, disse.Além de receber o certificado, a prefeita de Jaru representou todos os prefeitos na solenidade como presidente da Associação Rondoniense de Municípios – Arom.

Falando em nome da Municipalidade, a gestora enalteceu a conduta do TRT pela realização do evento que premiou os prefeitos. Para Sônia, o reconhecimento do Tribunal, por meio dos desembargadores envolvidos na premiação, serve de incentivo às boas práticas aos administradores municipais.

Comentários
Carregando