Tucanos se mantém no governo Temer e Mariana silencia

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), e o senador tucano José Serra (SP) anunciaram na noite desta segunda-feira (12), durante reunião da comissão executiva do PSDB em Brasília, que o partido permanecerá no governo Michel Temer.

Além dos integrantes da Executiva Nacional, também estiveram presentes à reunião os quatro ministros do partido, deputados, senadores, governadores – entre os quais Geraldo Alckmin (SP), Beto Richa (PR), Simão Jatene (PA) e Marconi Perillo (GO) –, prefeitos de capitais – incluindo João Doria (São Paulo) e Arthur Virgílio Neto (Manaus) – e dirigentes regionais.

“O PSDB está dentro desse governo, com os seus ministros, em nome não do governo, nós não somos defensores do governo, mas estamos em nome da estabilidade e das reformas que são necessárias. Nossa maior preocupação são os desempregados que estão aí e não deixar que essa crise econômica venha a piorar”, disse Tasso Jereissati.

Antes da fala do presidente interino do partido, o senador José Serra, que foi ministro das Relações Exteriores, já havia dito que a legenda “não fará nenhum movimento agora no sentido de sair do governo”. Segundo ele, a decisão tomada é que os quatro ministros tucanos permanecerão no governo.

O PSDB detém o comando dos ministérios de Relações Exteriores, Secretaria de Governo, Cidades e Direitos Humanos e é um dos principais aliados do governo no Congresso.

Mariana silencia

A deputada federal Mariana Carvalho (RO) que se dizia “favorável ao desembarque” não se manifestou sobre a permanência da legenda em apoio ao governo Temer. Ela também não falou nada sobre as acusações contra o senador mineiro Aécio Neves, apontado como recebedor de propina pela JBS.

Aécio, pelo contrário, mesmo não tendo comparecido ao evento, foi aplaudido ao ser citado pelo governador de Goiás, Marconi Perillo que saiu em sua defesa na reunião.

Mariana Carvalho em relação a Aécio Neves, silêncio
News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta