fbpx
Urubus tomam conta do hospital do governo em Guajará-Mirim

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras e isso nós lamentavelmente podemos comprovar em Rondônia. Imagens feitas na manhã desta sexta-feira, mostram vários urubus pousados sobre o telhado do Hospital Regional de Guajará-Mirim, cidade distante 345 km de Porto Velho, na fronteira com a Bolívia.

O Hospital de Guajará passa por uma grave crise e recentemente a cidade foi destaque nacional quando uma grávida, que estava sendo transportada para Porto Velho devido a falta de recursos na cidade, entrou em trabalho de parto em um voo e ganhou o bebê na aeronave. O secretário de saúde do Estado, Williamens Pimentel chegou a levar uma grande comitiva á São Paulo (por conta do Estado) para participar de programas de auditório e falar sobre o caso, que em nada orgulha o estado, afinal, era para o hospital atender uma coisa simples, como uma parturiente.

Como, além de medicamentos e equipamentos estão em falta na cidade, os urubus, que são aves de rapina e carniceiras, devem estar aguardando algum paciente moribundo.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta