Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Valter Araújo nega acusações feitas pelo MP de RO

0

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) de Rondônia, Valter Araújo, preso em setembro suspeito de chefiar uma quadrilha que desviava dinheiro público, esteve nessa segunda-feira (4) no Fórum Criminal de Porto Velho para prestar depoimento novamente.

Durante o interrogatório, Valter negou as acusações feitas pelo Ministério Público de Rondônia.

O ex-presidente chegou ao Fórum acompanhado por três policiais militares, sem algemas, e seguiu para uma sala da 2ª Vara Criminal onde prestou depoimento no processo de falsidade ideológica, e negou as acusações contra ele.

Ao ser interrogado, o ex-presidente da ALE disse que a empresa J.W pertence aos irmãos dele e que até hoje não receberam pelos serviços de limpeza prestados ao Estado, e que isso consta nos autos do processo.

A audiência durou cerca de 40 minutos. A partir de agora o processo será encaminhado ao Ministério Público de Rondônia e, depois, aos advogados da defesa para que sejam feitas as alegações finais. A sentença deve sair dentro de 30 dias.

Cada parte tem cinco dias para fazer as argumentações em cima das provas produzidas durante o processo. Ainda em novembro, Valter Araújo deve participar de outras audiências. Um novo pedido de habeas corpus para a liberdade provisória do ex-parlamentar deve ser julgado na próxima semana.

Até lá, ele deve permanecer à disposição da Justiça na Penitenciária de Médio Porte Pandinha.

O advogado de Valter, Gilson Jucá, alega que seu cliente não ofereceu resistência e se apresentou espontaneamente em 26 de setembro, após ficar quase dois anos foragido da Justiça.

Com informações do Rondonoticias

Comentários
Carregando