Veja a íntegra da decisão de Moro que manda prender João Santana

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira, 22, a 23ª etapa da Operação Lava Jato, que tem como alvo principal o marqueteiro que trabalhou nas campanhas de Lula e Dilma Rousseff, João Santana. Ao todo, a Polícia Federal cumpre 51 mandados judiciais, sendo dois de prisão preventiva e seis de prisões temporárias

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Santana e sua esposa tiveram as prisões temporárias – que têm prazo de cinco dias e podem ser prorrogadas – decretadas pelo juiz Sérgio Moro, mas como estão na República Dominicana, onde o marqueteiro trabalha na campanha a reeleição do presidente do país, ainda não foram detidos. O advogado de João Santana informou que eles já marcaram o voo de volta para o Brasil e vão se apresentar às autoridades. Confira abaixo a íntegra da decisão de Moro e os detalhes que levaram o juiz a determinar a prisão:

[su_document url=”http://painelpolitico.com/wp-content/uploads/2016/02/joaosantana.pdf” height=”900″]

As informações são de Fausto Macedo, do Estadão de São Paulo

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta