Veja a íntegra do voto que condenou ex-prefeito Roberto Sobrinho e o deixa inelegível

Em um voto de 27 laudas, o desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia, Gilberto Barbosa, da 1ª Câmara Especial rejeitou os recursos do ex-prefeito de Porto Velho Roberto Eduardo Sobrinho (PT), da ex-deputada estadual Epifânia Barbosa (PT) e do empresário Edson Silveira.  

A sentença prevê a perda da função pública que, por ventura, estiverem exercendo quando do trânsito em julgado; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de seis anos; multa civil equivalente a duas vezes o valor do dano; por cinco anos, proibição de contratar com o Poder o Público ou dele receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário.

Leia abaixo, a íntegra do voto do desembargador relator do processo (dependendo de sua conexão, pode levar alguns segundos para aparecer):

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário