Vereador quer manter vigilantes nas escolas para garantir empregos em Porto Velho

A prefeitura de Porto Velho (RO) resolveu copiar o fracassado modelo do governo do Estado e à título de “economizar” quer demitir centenas de vigilantes que cuidam da segurança das escolas municipais e demais órgãos.

Nesta terça-feira o vereador Jair Montes (PTC) apresentou projeto de lei para proibir a retirada dos postos de vigilância e a contratação dos serviços de monitoramento eletrônico. A justificativa, segundo o vereador, é a manutenção dos empregos em um momento tão complicado como o atual, “é uma falta de humanidade, de entender a crise que passa o país neste momento e tentar fazer isso. Porto Velho é uma cidade que sofre com desemprego, violência e falta de oportunidades. Não podemos virar às costas para esses trabalhadores”, afirmou Jair Montes à PAINEL POLÍTICO.

E o vereador completou, “o governo do estado aderiu o monitoramento nas escolas estaduais e foi um desastre total, com escolas estaduais sendo arrombadas diariamente, inclusive levam os sistema de monitoramentos e as câmeras e o sentimento de alunos e trabalhadores nestas unidade de ensino é de insegurança e abandono”.

O projeto teve apoio de outros cinco vereadores.

Projeto apresentado pelo vereador
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário