Vídeo mostra juíza como refém; homem jogou gasolina na magistrada. Assista

In Destaque, Polícia, Videos

Outras imagens também circulam por meio de celulares mostrando o momento da prisão do agressor

Um vídeo de 30 segundos que circula por meio do aplicativo WhatsApp mostra o homem que invadiu o Fórum Butantã, na Zona Oeste de São Paulo, ameaçando atear fogo na juíza que ele manteve refém na tarde de quarta-feira (30). O Bom Dia São Paulo exibiu trecho dessa gravação nesta quinta-feira (31) (veja o vídeo acima).

Outras imagens também circulam por meio de celulares mostrando o momento da prisão do agressor.

A filmagem da ameaça foi feita por celular por um policial militar, atendendo uma das exigências de Alfredo José dos Santos, que segurava a juíza Tatiane Moreira Lima, da Vara de Violência Doméstica, pelo pescoço. Ela foi mantida refém por cerca de 20 minutos.

O agressor, que teria cursado ensino técnico em química, havia jogado líquido inflamável nele e em Tatiane e ameaçava acender um isqueiro. Ele foi preso pela Polícia Militar (PM) quando se distraiu com a gravação.

Por conta do incidente, o Fórum ficará fechado nesta quinta-feira (31). Todas as audiências agendadas foram canceladas e serão remarcadas. De acordo com Tribunal de Justiça (TJ), “se constatadas falhas, medidas corretivas serão tomadas de imediato”.

Video 2

A Associação dos Magistrados de Rondônia emitiu nota de repúdio às agressões. Veja:

NOTA DE REPÚDIO DA AMERON – ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO ESTADO DE RONDÔNIA

A AMERON – Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia vem a público manifestar integral apoio e solidariedade à juíza Tatiana Moreira Lima, da Vara de Violência Doméstica do Foro Regional do Butantã, em São Paulo, nesta quarta-feira, 30 de março, quando uma pessoa invadiu o prédio do fórum e fez a magistrada de refém.
O fato ocorrido traz à tona a necessidade de um plano eficaz de segurança para a magistratura, a qual não pode ficar vulnerável, comprometendo a independência do Poder Judiciário e toda a sociedade.
É inaceitável que juízes ainda sejam vítimas de fatos dessa natureza, colocando em risco a sua vida no exercício da função.

A AMERON reitera o apoio à juíza Tatiana Moreira Lima e espera que a segurança dos magistrados saia do papel e se torne realidade.

Porto Velho, 31 de março de 2016

Francisco Borges Ferreira Neto – Presidente da Ameron

Vídeo 3

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Divulgar fotos íntimas sem permissão vai dar de 3 meses a 1 ano de prisão

Espalhe essa informação Câmara tipifica crime de exposição de fotos íntimas na internet O Plenário da Câmara dos Deputados

Read More...

Minas Gerais confirma 83 mortes por febre amarela

Espalhe essa informação Diante do quadro, o governo mineiro anunciou novas medidas para o combate ao surto Em novo

Read More...
Indicação de Moraes ao STF é aprovada na CCJ e segue para o plenário do Senado

Indicação de Moraes ao STF é aprovada na CCJ e segue para o plenário do Senado

Espalhe essa informação Ministro licenciado da Justiça teve indicação aprovada por 19 votos a 7; indicado por Temer, se

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu