Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Vítima diz que perdeu cerca de R$ 3 milhões em golpe aplicado por gerente de banco que também lesou cantor Leonardo

Correntistas denunciam que homem falsifica as assinaturas dos clientes para retirar dinheiro das contas de agência em Goiânia. A Polícia Civil investiga o caso.

0

A empresária Mildred Leite denuncia que o gerente de uma agência do Banco Santander em Goiânia falsificou as assinaturas dela e do marido e causou um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões. O homem é suspeito de aplicar golpes em vários correntistas, entre eles o cantor Leonardo.

“Eu abri a conta só para financiar minha casa e tenho esse problema desde 2013. Da minha conta o prejuízo é de R$ 1,3 milhão e, do meu marido, entre R$ 1,5 e R$ 2 milhões”, contou Mildred .

De acordo com a empresária, ela havia notado a retirada de dinheiro e reclamado para o gerente. Na ocasião, ele devolveu a quantia, mas fez novos saques posteriormente.

“Ele fazia várias transações na minha conta e falsificava minha assinatura ou usava a senha eletrônica. Quando eu ia ao banco reclamar, ele retirava o dinheiro de outra conta e passava para a minha e falava que estava tudo certo, que não tinha mais problema. Depois retirava de novo”, disse.

O empresário Fernando Rosa, que também foi lesado, conta que o cantor Racyne, da dupla sertaneja Racyne e Rafael, também está entre as vítimas. “Anteontem, o Racyne estava com a mãe dele dentro do banco. Tem vários empresários lesados também”, disse à TV Anhanguera.

G1 entrou em contato com a assesoria de imprensa da dupla sertaneja, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

O autônomo Rodrigo Carvalho Costa afirma que também foi lesado pelo gerente. Ele conta que percebeu o golpe há três meses e, desde então, tenta reaver o dinheiro.

“Eu perdi R$ 27.820. Eu abri a conta aqui em julho e depositei o dinheiro. Devido à morte da minha mãe, fui para o Tocantins e não olhei mais essa conta porque não tem banco Santander onde eu estava. Em agosto, quando voltei a Goiânia, percebi que o dinheiro não estava mais lá”, contou Costa.

Rodrigo alega que foi ao banco tentar reaver o valor, o gerente disse que ia resolver a situação, mas fugiu.

“O gerente disse que ia arrumar [o problema], não explicou o que tinha acontecido. Ele até inventou que a mãe tinha morrido e eu acabei me sensibilizando, acreditei que tudo seria resolvido. Mas aí ele fugiu”, completou.

Para Rodrigo, outros funcionários do banco estão envolvidos no crime. “Ele falsificava minha assinatura, mas, nos documentos da transferência, tem o carimbo de conferência das assinaturas, que são diferentes. Então ele só pode ter tido ajuda”, opina.

Rodrigo Carvalho Costa suspeita que outros funcionários do banco participaram dos golpes (Foto: Vitor Santana/ G1)

Investigação

Mais de 10 pessoas já denunciaram o banco à Polícia Civil. O delegado responsável pelo caso, Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, disse ao G1 que não pode passar muitos detalhes, mas revelou que o rombo é grande.

“A gente está instaurando um procedimento contra ele por causa dos golpes. Estamos tentando localizá-lo. Ele lesou muita gente, não é pouco, não”, afirmou.

A assessoria de imprensa do Banco Santander informou, em nota, que a instituição “tem interesse na identificação de responsáveis e apoiará integralmente a investigação pelos órgãos de segurança pública”.

Por telefone, a assessoria de imprensa de Leonardo disse que o cantor não vai se pronunciar sobre o assunto por se tratar de algo particular. Porém, comentou que “o banco já resolveu a questão com ele”.

Fonte: g1

Comentários
Carregando