Vítima não faz reconhecimento e delegado libera suspeitos de estupro em Vilhena

O delegado regional da Polícia Civil em Vilhena, Fábio Campos (foto), disse ao FOLHA DO SUL ON LINE, na manhã desta terça-feira, 29, que não houve prisão de nenhum acusado do estupro cometido contra uma mulher de 25 anos na noite da última sexta-feira, 25.
O crime aconteceu na região central da cidade, quando a vítima foi abordada por dois homens (um deles armado) e jogada dentro de um carro. Levada para um local já fora da área urbana, a jovem foi violentada e deixada a pé no setor de chácaras.
De acordo com o delegado, dois homens foram abordados e ouvidos, mas negaram participação no estupro. Eles foram qualificados e liberados, já que a vítima não foi encontrada para fazer o reconhecimento. Fotografias dos dois suspeitos foram feitas para que a mulher violentada possa ser confrontada (assim que for localizada) com as imagens e apontar se os dois são os mesmos que a atacaram.
O delegado salienta que as investigações sobre o caso prosseguem, mas esclarece que não há indícios de que os homens ouvidos na DPC sejam os estupradores. Os dois, cujas identidades não foram reveladas, no entanto, forneceram endereços e telefones de contato e podem ser chamados a depor novamente.

Fonte:Folha do Sul Online

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário