“Você vai para o inferno porque é negro”, diz astro de Transformers ao ser preso

O ator americano Shia LaBeouf, conhecido por ser protagonista do blockbuster “Transformers“, fez uma declaração racista quando estava sendo preso no Departamento de Polícia de Savannah, no fim de semana passado. Ele disse a um oficial negro que ele iria para o inferno por causa de sua cor de pele.

Um vídeo que está circulando na internet, mostra que o ator, quando estava sendo identificado, ele olhou para um oficial negro e disse: “Você vai para o inferno, direto para o inferno, mano”.


Um policial branco questionou o ator que estava bêbado e acrescentou … “Isso não significa que ele vai para o inferno”. Shia respondeu: “Isso significa muito, mano”.
Ele acusou os policiais de serem racistas porque “um homem negro me prendeu por ser branco”.

O site TMZ desmontou a versão do ator. De acordo com a publicação, Shia foi preso por embriaguez pública, conduta desordenada e obstrução e estava fora de controle quando foi preso e levado para a delegacia.

Quando ele estava no carro da polícia, ele disse a um oficial negro que ele estava fora de linha para prender um homem branco que simplesmente pediu um cigarro.

Em outro vídeo, o ator diz a um oficial branco que “sua esposa assiste pornografia e fantasia sobre genitais masculinos afro-americanos”.

Pouco depois de chegar algemado na delegacia de polícia, Shia disse ao policial que ele deve sentir vergonha que sua esposa prefira “pau de negros”.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta